OLÁ

e sou a kalina juzwiak

foi em 2012, que me olhei no espelho e assumi: "sou artista"

depois de aprisionar a minha alma com crenças limitantes. Meu espírito doia e por consequência meu corpo também. Tinha dores, inflamações. Na época, eu tinha o meu próprio escritório de arquitetura, e fazia arte, aqui e ali.

as pessoas mais próximas a mim viam o que estava acontecendo, mas as histórias que eu contava para mim mesma eram convincentes. Minha alma gritava.

um dia, me olhei no espelho. Me encarei. E chorei. Muito. Do desconforto, do desconhecido, do saber que aquilo era apenas o primeiro passo de um mergulho - para dentro antes de tudo. Uma espécie de caixa de pandora que se abria e que teria que encarar coisas que não sabia se estava pronta para encarar. Mas ao mesmo tempo, chorei de alívio. Que estava me permitindo aquilo. Que finalmente dei ouvidos à voz que gritava aqui dentro. E sabia que tudo, viria de dentro. A energia, a determinação, a disciplina, o amor...

...e a arte apenas transbordaria.

e assim vem sendo, toda manhã, que ainda me olho no espelho...

mergulho
e transbordo.

inspiro
e expiro.

kaju ?

sou uma artista e empreendedora criativa, que busca inspirar e provocar reflexões por meio de composições que se destacam pelo equilíbrio e cuidado estético. Minhas criações refletem diretamente a maneira como vivo: a precisão e fluidez das linhas são também a disciplina e criatividade presentes no meu cotidiano. Assim, mais do que viver da arte, escolho viver a minha arte, todos os dias. Nesse processo, pessoas e empresas de vanguarda já me escolheram para criar experiências disruptivas e viabilizar projetos com relevante impacto social.

meus valores
são sempre os mesmos

CONTRIBUIÇÃO


deixar marcas positivas
e sensíveis.

EFICIÊNCIA

movimento eficiente e preciso,
mesmo quando a rota precisa ser mudada.

DISCIPLINA

imaginar, acreditar,
planejar, executar - e reiterar.

CRIATIVIDADE

conectar os pontos e
agir nas intersecções.

HUMILDADE

"sei que nada sei"
a evolução é uma jornada constante.

EVOLUÇÃO


aprender a cair e levantar mais forte,
acolher todas as fases da escalada.

EMPATIA

estar aberta e vulnerável
e acolher a perspectiva de todos.

CONGRUENCIA

"walk the talk."

as últimas exposições -->

February 2, 2014

concreto sobre metal

concreto sobre metal - ou metal sobre concreto - conectaram a geometria e fluidez de metrópoles ä placas de metal encontradas em um ferro-velho da própria metrópole de São Paulo. A exposição aconteceu na Galeria Canvas, uma exposição suspensa dentro do Hotel Hilton.
January 25, 2018

cores de são paulo

uma exposição coletiva, curada por Vera Simões, como forma de tributo ao aniversário da cidade de São Paulo, no dia 25 de Janeiro, dentro da galeria da Casa Portugal.
June 19, 2018

corte as linhas e salte

"corte os laços e salte" foi uma exposição que refletiu o estágio de Kalina na vida - durante esse tempo e espaço. Um tempo em que ela se ligava ao seu eu interior, através da ligação com a natureza que a rodeava. Um foco em viver, aprender, e transformar de uma forma gratificante - dentro do ambiente natural. Como um passeio dentro de uma floresta sem destino. Ou um mergulho entre as ondas que dançam durante uma tempestade. Um corte de laços, imaginado e real - um salto no desconhecido."
January 10, 2014

flores do alecrim

minha primeira exposição individual, que contou a história de diferentes mulheres, em caráter e atitude. A conexão entre homens e mulheres, sem faces. Todos os gêneros que nascem da natureza. Todos nós viemos do mesmo jardim.
November 25, 2017

plasticidade

uma experiência, que agregou manifestações artísticas e teve como objetivo instigar e inspirar a ligação de duas mulheres - as artistas Kalina Juzwiak e Clara Coutinho. Vulnerabilidade e coragem, força e intencionalidade transitam através da sobreposição de visões, carimbos de corpo nu, linhas e movimento.
AINDA INTERESSADX?

ok, vem ler mais:

meu nome é Kalina Juzwiak – a “kaju”. Nasci no Brazil, e carrego comigo as nacionalidades Suíça e Polonesa. Grande parte da minha vida morei no meu país de origem e foi por lá que estudei Arquitetura e Urbanismo, como parte da minha escalada profissional. Depois de algumas experiências na área, encontrei minha paixão na conexão de referências multi-culturais, ferramentas criativas e projetos multidisciplinares.
that is why I decided to look deeper into Graphic Design, which I studied - also in São Paulo - thus adding other capacities to my tool box. From an early age, artistic expressions have been part of my life, but only a few years ago have they become the link between all areas of my interest. Today, I make art with an aesthetic and systemic view. I am a focused and productive creative human, by uniting my discipline and determination to a pro-active imagination.
i am constantly developing my skills in transforming compositions into provocative movements and moments of reflection to those observing it. And that is why people and avant-garde companies choose me to transform their visions into reality and to create disruptive projects and experiences. I use creativity, discipline and systems thinking as tools for expression, conscience and transformation of my context. I have the aim to actively inspire change.
discipline is something very present in my life from my early years. For some time I struggled to see the connections of being an artist, and yet a very organized human. I couldn’t find the connection between my two sides, my two roots, until the day I perceived it as the thing that could give my creativity the wings to fly. To apply discipline in my daily routine, creations and connections. Mutual respect, the management of time, deadlines, valuing the work, the negotiation and punctuality are just some parts of this universe. Personal and professional lives are in unison (are one). And in this understanding I united art and business, discipline and creativity, chaos and order, and started to spread my experience, learnings, good and bad paths - to inspire other creatives to live well as artists.

opa, chegou até aqui? : )
diga hello?

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.

encontrei, n minhas gavetas, uma espéie de manifesto, que escrevi para :)

"hoje posso dizer que acolho os meus desejos íntimos de ter a coragem de me denominar artista. Me entrego à necessidade de estar rodeada pela beleza que, em todas as suas formas, representa autenticidade e o amor - pela criatividade. Eu agora ao me assumir artista, também assumo a responsabilidade, de viver sempre alinhada ao meu propósito. Estou pronta e aberta para seguir os caminhos de sucesso que estão se abrindo para mim. O universo conspira para me levar mais perto da abundância em todas as suas formas, sempre com saúde e calma. Eu acolherei todos aqueles que cruzarem o meu caminho, assim como a mim mesma. Pois tudo servirá de aprendizado e inspiração, de formas que nem imagino. Mas não vou me deixar desviar do meu propósito quando outros não acreditarem, diminuirem ou rirem das minhas visões e ambições artísticas. Não há certo e errado, apenas o fluir do momento. Vou me desafiar a experimentar e tentar novas coisas, para criar todos os dias, para promover, iniciar e encorajar a arte. Ajudar ao próximo como eu puder, compartilhar as minhas criações e experiências. Dar sempre o meu melhor, para viver o meu potencial. Ter uma idéia meio maluca aqui, e ali. Aprender a dizer não - mas também a dizer sim. Nem sempre ter um plano. Se eu sentir medo, está tudo bem, pois quer dizer que estou saindo da minha zona de conforto, que estou me colocando na arena. Vou inspirar - e expirar - a vida que me rodeia. Vou sempre me divertir no caminho, vivenciar e transbordar a vida. Sorrir sempre, criar a felicidade nos momentos e viver uma vida colorida. Este é apenas o começo da minha escalada."
time. Not necessarily have a plan. If it scares me at sed and be amazed. Smile at all times, create happiness and live a colourful life. This is only the start of my journey."